A Língua Portuguesa está de Parabéns!

Comemorou-se no passado dia 5 de Maio, pela primeira vez, o Dia Mundial da Língua Portuguesa, data que assinalamos com o maior orgulho. Este ano, porém, dadas as circunstâncias, a comemoração realizou-se online.

Agora pergunto-vos, sabem quando e onde surgiu esta ideia?

Se não sabem não se preocupem, eu passo a explicar : a UNESCO fez uma proposta, em Novembro do ano passado, para que o dia 5 de Maio fosse considerado o Dia Mundial da Língua Portuguesa, proposta essa apoiada não só por todos os países lusófonos como também por mais 24 estados, incluindo países como a Argentina, o Chile, a Geórgia, o Luxemburgo ou o Uruguai. A UNESCO escolheu esta data porque há uma década que, neste dia, era celebrado o dia da Língua Portuguesa e da cultura da CPLP, Comunidade de Países de Língua Portuguesa. Devido à pandemia causada pelo vírus covid19, que está a obrigar o mundo a um confinamento social, o formato virtual foi a única opção viável para marcar este acontecimento, em 2020.

Assim, o Museu da Língua Portuguesa, na sua página do Facebook, ofereceu um vasto programa , com a participação do engenheiro António Guterres, secretário geral da Organização das Nações Unidas, o presidente Marcelo Rebelo de Sousa , o primeiro ministro António Costa , o chefe de Estado de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, também presidente em exercício da CPLP, entre outros.

Escritores como Mia Couto, Germano Almeida, Manuel Alegre, cantores como Adriana Calcanhoto, Dino d´Santiago ou Carminho deram o seu contributo para assinalar esta data. Participaram também o futebolista Pedro Pauleta, o canoísta Fernando Pimenta, as cientistas Flora Gomes e Maria Manuela Mota, o teólogo e cardeal José Tolentino de Mendonça e o político timorense José Ramos Horta, entre outros. Seguiu-se um concerto com Aline Frazão (Angola), Ivan Lins (Brasil), Teófilo Chantre (Cabo Verde), Manecas Costa (Guiné-Bissau), Stewart Sukuma (Moçambique), João Gil (Portugal), Tonecas Prazeres (São Tomé e Príncipe) e Zé Camarada (Timor-Leste).

O Instituto Camões no Estrangeiro associou-se também a esta comemoração , lançando um concurso para celebrar a data.

Gostaria ainda , a propósito deste dia, lembrar o escritor José Saramago, Prémio Nobel da Literatura, recebido a 8 de Outubro de 1998.

" Uma língua é o lugar donde se vê o mundo (...) Da minha língua vê- se o mar (...) Por isso a voz do mar foi a da nossa inquietação.

Vergílio Ferreira, in Espaço Invisível

Trabalho realizado pela aluna Tatiana Alexandra , 11º-12ª Maio de 2020

Imprimir Email

Desafios SeguraNet

A Direção-Geral da Educação promove, no âmbito do Centro de Sensibilização SeguraNet, o concurso anual “Desafios SeguraNet” que, nesta edição, teve a participação de 262 Escolas/Agrupamentos, abrangendo 39 089 alunos, 853 professores e 948 encarregados de educação.

A Escola Secundária Vergílio Ferreira participou neste concurso com as suas turmas de 7º e 8º ano, tendo obtido mais de 3000 pontos e sendo declarada uma das escolas vencedoras.

Imprimir Email